FAMÍLIA SALESIANA | 28º Aniversário de fundação dos Voluntários com Dom Bosco

JUAZEIRO DO NORTE | Procissão das Carroças completa 50 anos, em Juazeiro do Norte

JUAZEIRO DO NORTE | Procissão das Carroças completa 50 anos, em Juazeiro do Norte

13 de setembro de 2022
Neste domingo, 11 de setembro, aconteceu em Juazeiro do Norte/CE, a tradicional Procissão das Carroças, dentro da programação da Festa e Romaria de Nossa Senhora das Dores 2022. Iniciada em 1972, pela Fundação Leandro Bezerra de Menezes, a procissão completou, este ano, 50 anos de existência. A concentração iniciou às 16h, em frente a Fundação, em Juazeiro. As carroças traziam enfeites, bandeirolas, flores e altares com a Mãe das Dores e o Padre Cícero Romão Batista. Antônio Cabeludo, aos 69 anos, é o responsável pela condução da carroça, há 30 anos, com a imagem oficial de Nossa Senhora das Dores. “É uma alegria que a gente tem. Vou com todo gosto, prazer, alegria e coragem”, afirmou Antônio, veterano na procissão. O momento iniciou com a bênção das carroças, com o Padre Paulo Borges, vigário paroquial da Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores. “A procissão dos carroceiros traz um significado profundamente bíblico, porque relembra o que é popularmente falado como a família do desterro, mas lembra o transporte que se utilizava na época. Ela traz para nós uma comunhão, unidade, partilha, fraternidade, solidariedade, lembrando logo a Festa de Nossa Senhora das Dores”, declarou o sacerdote. Iniciada por Leandro Bezerra de Menezes e colocada na responsabilidade de sua esposa, Salete Bezerra, ela reafirma o compromisso com Nossa Senhora das Dores e a cidade de Juazeiro. “Estou com 95 anos. Trabalhei para os carroceiros. Mesmo com dores do pescoço aos pés, faço por minha Nossa Senhora das Dores”, exclamou a matriarca. A procissão seguiu pela principal rua da cidade, Rua São Pedro, seguindo até à Casa da Mãe das Dores, seguida com cânticos dos benditos e a celebração eucarística. Por Thaís Cândido [gallery columns="1" size="large" ids="30470,30471,30472"]  
VER MAIS

CJC | Comunidade de Alagoas realiza o TOM Mirim

CJC | Comunidade de Alagoas realiza o TOM Mirim

13 de setembro de 2022
No último domingo, 11 de setembro, a CJC Mirim Alagoas realizou o TOM Mirim - Treinamento de Oração e Missão. Trata-se de um treinamento do movimento com o intuito de vivenciar momentos de orações e missões pelos próprios comunitários mirins, proclamando da forma mais singela e pura o quão grande é o amor de Cristo. O encontro aconteceu no Centro Juvenil Dom Bosco, no município de Matriz de Camaragibe, e contou com uma programação bastante rica. A abertura foi dada pelo Orientador Geral da CJC - Padre Marcos, sdb, e pelo Orientador Estadual, Padre Geraldo, sdb, com a celebração da Santa Missa na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus. Ao final da Cerimônia Eucarística, os comunitários foram direcionados ao local do encontro, onde foram recepcionados pela Articulação da Juventude Salesiana - AJS com muita diversão em um momento de animação e louvor. Em seguida, tivemos a palestra ministrada também pelo padre Marcos com o tema “Para uma igreja sinodal: missão” e com o lema “Vós sois testemunhas disso (Lc 24,48)”. Após os ensinamentos compartilhados, foi hora de formar os grupos para execução das missões, que, este ano, ocorreram de forma diferente. As crianças gravaram vídeos falando sobre a comunidade, o treinamento, o amor de Jesus, a bíblia e como dar testemunho cristão. Contamos, ainda, com a participação da pedagoga, catequista e veterana Macira Barros, apresentando de forma lúdica a história do santo terço e da sua importância na vida dos cristãos, e, junto a eles, mostrou como pode ser proveitoso rezar o terço. No TOM Mirim vivenciamos um momento único, repleto de trocas de conhecimentos entre os coordenadores, convidados e comunitários, deixando a marca de que independentemente da idade é possível construir uma igreja sinodal, capaz de realizar missões por meio do testemunho de vida. Por Gutemberg e Fabiana – CJC Maragogi [gallery columns="1" size="large" ids="30462,30463,30464"]
VER MAIS

IGREJA | Papa: jovens são a esperança de uma nova unidade da humanidade

IGREJA | Papa: jovens são a esperança de uma nova unidade da humanidade

12 de setembro de 2022
Mensagem do Papa para a JMJ 2022 – fase diocesana, em novembro próximo – e para a JMJ 2023, em Lisboa, convida a seguir os passos de Maria para encontrar Jesus e ir ao encontro de quem é diferente de nós. Nesta segunda-feira, 12, foi divulgada a Mensagem do Papa Francisco para a 37ª Jornada Mundial da Juventude que será celebrada na Solenidade de Cristo Rei, no próximo dia 20 de novembro, nas igrejas particulares espalhadas pelo mundo, sobre o tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente”. O texto também é para a próxima edição internacional do evento, em 2023, em Lisboa, Portugal. O Pontífice inicia o texto recordando o tema da JMJ no Panamá: ‘Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra’. Ele reitera que “depois daquele evento, retomamos o caminho para uma nova meta em Lisboa no ano de 2023, deixando ecoar em nossos corações o premente convite de Deus a levantar-nos”. O verbo levantar é uma palavra que “significa também ressuscitar, despertar para a vida”. O Santo Padre lembra que os últimos tempos são considerados difíceis, tendo em vista a pandemia e o trauma da guerra. Mas Maria reabre a todos, em particular para os jovens como Ela, o caminho da proximidade e do encontro. “Espero e creio fortemente que a experiência que muitos de vocês irão viver em Lisboa, no mês de agosto do próximo ano, representará um novo começo para vocês jovens, com vocês e para toda a humanidade”, ressalta o Papa. Maria levantou-se Na carta, Francisco explica que, após a Anunciação, Maria se levanta e se põe em movimento, porque tem a certeza de que os planos de Deus são o melhor projeto possível para a sua vida. “Maria torna-se templo de Deus, imagem da Igreja a caminho, a Igreja que sai e se coloca a serviço, a Igreja portadora da Boa Nova. Também nós, como discípulos do Senhor e como Comunidade Cristã, somos chamados a erguer-nos apressadamente para entrar no dinamismo da ressurreição e deixar-nos conduzir pelo Senhor ao longo dos caminhos que Ele nos indicar”. O Pontífice continua dizendo que a Mãe do Senhor é modelo dos jovens em movimento, jovens estes que não ficam parados diante do espelho em contemplação da própria imagem, nem ilhados nas redes. “É a mulher pascal, num estado permanente de êxodo, de saída de si mesma para o Outro, com letra maiúscula, que é Deus e para os outros, os irmãos e as irmãs, sobretudo os necessitados, como era então a prima Isabel”. E partiu apressadamente O Papa traz a imagem de Maria partindo apressadamente para a montanha, deixando-se interpelar pela necessidade da sua prima idosa. “Não ficou indiferente. Pensou mais nos outros do que em si mesma. E isto conferiu dinamismo e entusiasmo à sua vida. Perante uma necessidade concreta e urgente, é preciso agir apressadamente”, ressaltou. Ele recorda que, no mundo, muitas “pessoas esperam uma visita de alguém que cuide delas! Quantos idosos, doentes, presos, refugiados precisam do nosso olhar compassivo, da nossa visita, de um irmão ou uma irmã que ultrapasse as barreiras da indiferença!” O Pontífice chama atenção para o exemplo jovem de Maria que não perdeu tempo mendigando a atenção ou a aprovação dos outros, dizendo diretamente dos casos de dependências juvenis nas redes sociais, mas ela soube mover-se para procurar a conexão mais verdadeira, que provém do encontro, da partilha, do amor e do serviço. “A partir da Anunciação, desde aquela primeira vez quando partiu para ir visitar a sua prima, Maria não cessa de atravessar espaços e tempos para visitar os filhos carecidos da sua ajuda carinhosa”. A pressa boa Segundo Francisco, “uma pressa boa impele-nos sempre para alto e para o outro, mas há também uma pressa não boa, como, por exemplo, a pressa que nos leva a viver superficialmente, tomar tudo levianamente sem compromisso nem atenção, sem nos envolvermos realmente no que fazemos; a pressa de quando vivemos, estudamos, trabalhamos, convivemos com os outros sem colocarmos nisso a cabeça e menos ainda o coração”. O Santo Padre sublinha aos jovens que é tempo de voltar a partir apressadamente para encontros concretos, para um real acolhimento de quem é diferente, como acontece entre a jovem Maria e a idosa Isabel. “Só assim superaremos as distâncias entre gerações, entre classes sociais, entre etnias, entre grupos e categorias de todo o gênero, e superaremos também as guerras. Os jovens são sempre a esperança de uma nova unidade para a humanidade fragmentada e dividida, mas somente se tiverem memória, apenas se escutarem os dramas e os sonhos dos idosos”. Francisco ressalta ainda que não é por acaso que a guerra tenha voltado à Europa no momento em que está desaparecendo a geração que a viveu no século passado. “Há necessidade da aliança entre jovens e idosos, para não esquecer as lições da história, para superar as polarizações e os extremismos deste tempo. Maria é o modelo de como acolher este imenso dom na nossa vida e comunicá-lo aos outros, fazendo-nos por nossa vez portadores de Cristo, portadores do seu amor compassivo, do seu serviço generoso à humanidade sofredora”. Todos juntos em Lisboa! Por fim, o Pontífice recorda que, no início do século XX, Maria quis fazer uma visita especial. De Fátima, lançou a todas as gerações a mensagem forte e maravilhosa do amor de Deus que chama à conversão, à verdadeira liberdade. O Papa renova seu caloroso convite a participar da grande peregrinação intercontinental dos jovens que culminará na JMJ de Lisboa em agosto do próximo ano. “Sonho, queridos jovens, que na JMJ vocês possam experimentar novamente a alegria do encontro com Deus e com os irmãos e irmãs. Depois de um prolongado período de distanciamento e separação, com a ajuda de Deus em Lisboa, reencontraremos juntos a alegria do abraço fraterno entre os povos e entre as gerações, o abraço da reconciliação e da paz, o abraço de uma nova fraternidade missionária”, conclui Francisco. Fonte: Canção Nova Boletim Salesiano Imagem: Pr. Tarcizio Paulo Odelli
VER MAIS

NOTÍCIAS

NATAL-São José | Colégio é vice-campeão de futsal nos Jogos Escolares Brasileiros

A equipe de futsal U-14 formada por alunos do Salesiano São José, de Natal-RN, conquistou medalha de prata nos Jogos Escolares Brasileiros (JEBS), que acontece no Rio de Janeiro até o dia 15 de novembro. O time do técnico Fábio Morais enfrentou uma final disputada contra a equipe do Acre e subiu ao segundo lugar […]
VER MAIS

FAMÍLIA SALESIANA | ADMA. Um Caminho de Santificação e de Apostolado segundo o Carisma de Dom Bosco

As Inspetorias da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) no Brasil ganharam uma nova edição dos Regulamentos da Associação. A ADMA é o segundo ramo da Família Salesiana, fundada pelo próprio São João Bosco no ano de 1869. Seu objetivo primordial: difundir pelo mundo a devoção a Nossa Senhora Auxiliadora, que nos leva a ter um […]
VER MAIS

RECIFE-Sagrado Coração | Dom Casmurro, de Machado de Assis, vai a Juri Simulado

A turma da 2ª série do Ensino Médio pôde simular um ambiente jurídico a partir de Dom Casmurro (livro de Machado de Assis) para culminar a leitura de uma obra importantíssima da literatura brasileira e bastante cobrada em vestibulares. Cada aluno protagonizou desde a construção de argumentos até a condução do júri para inquirir se […]
VER MAIS

TEMAS

INSTAGRAM

YOUTUBE

WordPress Video Lightbox Plugin