CONGREGAÇÃO | Itália – O evento inaugurativo da rede salesiana “Don Bosco Tech Europe”

CONGREGAÇÃO | Itália – O evento inaugurativo da rede salesiana “Don Bosco Tech Europe”

23 de outubro de 2023
(ANS – Roma) – Sexta-feira, 20 de outubro de 2023, decorreu, em Roma, no ‘Grand Hotel Palatino’, de Via Cavour, o evento inaugural da Rede salesiana “Don Bosco Tech Europe” (DB Tech Europe), com a participação de mais de 100 pessoas e a presença do Reitor-Mor dos Salesianos, Neocardeal P. Ángel Fernández Artime. A rede “DB Tech Europe” é uma realidade de coordenação e desenvolvimento na área da formação profissional que engloba, em seu interno, 211 Centros de Formação Profissional, em 22 Países da Europa e da bacia do Mediterrâneo (Albânia, Alemanha, Bélgica, Bósnia-Herzegovina, Egito, Eslováquia, Espanha, França, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, Líbano, Kosovo, Marrocos, Moldávia, Montenegro, Palestina, Polônia, Portugal, Romênia, Ucrânia), os quais contam globalmente com uma população escolar de 86.200 jovens e 7.085 colaboradores (docentes, formadores e pessoal adido). A manhã se abriu com a saudação institucional do Presidente da Rede, P. Miguel Ángel García Morcuende, Conselheiro Geral para a Pastoral Juvenil Salesiana (PJS), e uma sua fala sobre a originalidade do relacionamento de Dom Bosco com o mundo do trabalho,  caracterizado pela intencionalidade educativa que, no jovem, zela pela totalidade da pessoa, pela concepção promocional (a qual visa a habilitação e o profissionalismo) e pela dimensão socioética (a formação do “honesto cidadão”). [gallery columns="2" size="large" ids="72749,72750"] «DB Tech Europe» – organização formativa salesiana em rede – responde a uma instância pedagógica humanística; e objetiva a integralidade pessoal, orientada a vencer perspectivas e visões formativas puramente didático-técnico-funcionais. O P. García Morcuende fez notar que a formação profissional em nossos Centros salesianos é hoje, de fato, também um lugar de encontro de culturas, de confissões religiosas; e representa, mais largamente, o enfrentamento de um desafio social de grandes proporções, além de ser uma resposta inteligente ao desconforto aflitivo juvenil. A seguir, o Diretor-Executivo, Dr. Piero Fabris, ilustrou a caminhada de doze anos que levou à criação desta nova organização a qual se propõe ser um ator de primeira grandeza para as outras redes salesianas mundiais (DB Tech África, Americas, Asean, India) e um parceiro confiável tanto para instituições (estatais ou particulares) quanto para as empresas – acerca de muitos temas relativos à formação profissional, como, p. ex., oportunidade de trabalho para os jovens e os adultos mais vulneráveis, requalificação profissional, estágios no exterior, programas “Erasmus+” e programas “Horizon” para inovação e digitalização. Depois de um momento de intercâmbio entre empresas e responsáveis por projetos na área da União Europeia procedentes de muitos Centros de Formação Profissionais (CFP) salesianos, e de instituições europeias presentes ao evento, se deu a relação conclusiva pelo Reitor-Mor da Congregação e Neocardeal, P. Ángel Fernández Artime, que ressaltou quanto as sinergias internacionais sejam fundamentais para dispor de Centros de formação que se empenhem por acompanhar os jovens mais necessitados pelo rumo de um futuro cristãmente marcado por trabalho e honestidade. O Reitor-Mor acrescentou mais que - num mundo em que cada vez mais os valores familiares e éticos se substituem por... objetos - os salesianos continuam a renovar-se, embora persistindo firmes em sua identidade e tradição que os veem, desde sempre, ao lado dos jovens e empenhados por ajudá-los a descobrir os seus sonhos e a realizá-los. Concluiu sua fala referindo-se a algumas experiências de sucesso dos CFP salesianos nos contextos africanos; e voltou a sublinhar  a importância de acompanhar os jovens europeus com a presença e o  testemunho dos educadores. Fonte: ANS
VER MAIS

ARACAJU (SE) | Salesiano Aracaju conquista 3º lugar na Feira Científica de Sergipe (Cineart)

ARACAJU (SE) | Salesiano Aracaju conquista 3º lugar na Feira Científica de Sergipe (Cineart)

ESCOLA E CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL 23 de outubro de 2023
Projeto Cana-de-açúcar dos alunos dos 8º e 9º anos foi premiado na categoria Ensino Fundamental Anos Finais Em sua primeira participação na Feira Estadual de Ciências, Tecnologia e Artes de Sergipe (Cineart), os alunos dos 8º e 9° anos do Colégio Salesiano Aracaju conquistaram o 3º lugar na categoria Ensino Fundamental. O “Projeto Cana-de-Açúcar e Forró não têm coisa Mió: esse ano o arraiá é no canaviá” foi um dos 13 finalistas, de 25 trabalhos inscritos na categoria. A cerimônia de premiação e exposição dos projetos foram realizadas, na última sexta-feira (20 de outubro), no Centro de Vivência da Universidade Federal de Sergipe. “Esse evento é a janela da ciência feita na Educação Básica para a sociedade. Além disso, ele estimula o desenvolvimento científico no estado. Dos 300 trabalhos inscritos na Cineart, 130 foram selecionados para a exposição e os 18 melhores foram premiados. Entregamos também as menções honrosas aos trabalhos que se destacam pelas temáticas de mulheres na ciência, inovação, empreendedorismo, cidadania e meio ambiente”, explicou uma das organizadoras da Cineart e professora da UFS, Raquel Freitag. As professoras Mônica Meneses, Ana Carla, Ana Isabel e Isis Zuleica foram as orientadoras do Projeto, que foi premiado na Cineart. "O nosso Projeto foi muito rico, porque teve várias fases com visitas técnicas, experimentos laboratoriais e momentos culturais. Nosso objetivo foi envolver ao máximo os alunos em cada etapa da iniciativa, evidenciando o protagonismo estudantil", destacou a professora de história do Salesiano Aracaju, Ana Carla. A aluna do 9º ano C do Ensino Fundamental (Anos Finais), Laís Deda, ficou maravilhada com a criatividade dos trabalhos expostos na 13ª edição da Cineart. "Eu gostei muito de participar da Feira Científica Cineart, eu obtive muito conhecimento tanto apresentando meu Projeto, quanto visitando os estandes dos outros estudantes. Percebi também muita criatividade e empenho nas apresentações dos projetos", afirmou. De acordo com o avaliador dos projetos da Cineart e professor da Seduc/SE, Mário Jorge Silva, o Projeto Cana-de-Açúcar mostrou o alcance que a agricultura da cana-de-açúcar atinge na sociedade. “O trabalho da equipe do Salesiano é muito interessante, porque além de envolver a pesquisa com o processamento da cana-de-açúcar, também abordou as questões culturais da plantação, como a dança, a culinária e as vivências dos trabalhadores”, destacou. [gallery columns="2" size="large" ids="72731,72738"] Projeto Cana-de-açúcar O Projeto “Cana-de-Açúcar e forró não têm coisa Mió: esse ano o arraiá é no canaviá” trabalhou de forma interdisciplinar as disciplinas de geografia, história, química, física, ciências, biologia e matemática. Durante 45 dias, os estudantes realizaram visitas técnicas e experimentos no laboratório de ciências, além da roda de conversa e degustação de pastel com caldo de cana. A culminância do Projeto  foi uma apresentação cultural de uma quadrilha junina sobre os cortadores de cana-de-açúcar no Salé João. Cineart A 13ª edição da Feira Científica de Sergipe é uma iniciativa conjunta da Associação Sergipana de Ciência (ASCi), Universidade Federal de Sergipe (UFS)  e Instituto Federal de Sergipe (IFS), realizada todo mês de outubro, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Para dar suporte aos participantes, são desenvolvidas atividades paralelas ao longo de todo ano, concentradas principalmente em minicursos e palestras, realizadas por pesquisadores e especialistas de todas as áreas do conhecimento. A Cienart reúne anualmente cerca de 5000 pessoas no espaço da Universidade Federal de Sergipe. São pesquisadores, professores, estudantes da Educação Básica e das Universidades, trocando experiências e popularizando a Ciência, a Tecnologia, as Artes e a Inovação produzidas no estado.
VER MAIS

Pastoral Juvenil | Encontro Americano de Delegados para Pastoral Juvenil Salesiana

Pastoral Juvenil | Encontro Americano de Delegados para Pastoral Juvenil Salesiana

PASTORAL JUVENIL 20 de outubro de 2023
Nos dias 13 a 18 de outubro, os Delegados da Pastoral Juvenil Salesiana se reuniram em Santiago do Chile, na casa de Retiro Lo Cañas, bairro de La Florida. O encontro foi assessorado pelo Padre Miguel Angel Garcia, conselheiro geral para Pastoral Juvenil Salesiana, que contou com a ajuda de sua equipe, sobretudo do Padre Rafael Benjarano, referente para o Serviço Social da Congregação e o apoio local do P. Juan Miguel, sdb do Chile, que preparou o ambiente com muita responsabilidade para que pudéssemos realizar este encontro. Foi um momento de muita oração, reflexão e discernimento e tempo para rever e avaliar a nossa caminhada pastoral por todo o continente americano. O encontro teve seu início com um objetivo muito claro: Reconhecer o caminho, escutar ao Senhor que nos fala e eleger os futuros passos para um trabalho significativo. Nesta perspectiva, pudemos discutir com muita profundidade algumas temáticas que para nós salesianos, hoje, são importantes e urgentes para podermos dar respostas aos desafios para uma educação de qualidade. Discutimos algumas temáticas, tais como: • Obra de Gestão Leiga, como um caminho de resposta aos apelos da Congregação onde o Carisma Salesiano está presente em nossos colaboradores que, portanto, são corresponsáveis da Missão; • Família Salesiana, como um caminho necessário para responder ao chamado de Deus para cada um de nós, como ao fortalecimento carismático de nossas Comunidade Educativas; • O Oratório e Centro juvenil, berço da nossa Congregação que, portanto, deve ser um ambiente educativo presente em todas as nossas frentes; • Uma Pastoral Juvenil que Educa para Amar, um diálogo que requer a serenidade de um olhar que se assemelhe ao de Jesus, para a formação integral dos nossos jovens; • Formação para a Missão compartilhada, nos ajudando a entender que todos somos chamados e enviados a realizar uma Missão, que, portanto, requer que nos formemos juntos, Salesianos e Leigos; • ESA e CFP: nos recordando a necessidade de seguirmos fortalecendo o nosso trabalho educativo em Rede, seja entre nós mesmos, seja com outras instituições educativas, cujo objetivo é atender ao apelo de uma Igreja em saída; • Boas práticas: toda a riqueza dos trabalhos realizados em cada Inspetoria em particular, como caminho que vai configurando a organicidade de nossa proposta Pastoral dentro de um Projeto Orgânico. Todo esse diálogo nos levou a encontrar caminhos como resposta educativa que nos impulsiona a não nos conformarmos com o mundo, mas sim, termos um olhar de esperança, com especial caridade/claridade, para as nossas juventudes. Tudo isso foi vivido em clima de muita fraternidade e família, na certeza de que onde chegarmos teremos um Salesiano de Dom Bosco ou um membro da Família Salesiana dedicado a oferecer aos jovens desse lugar, dentro da sua realidade e condições, uma Proposta Educativa livre de qualquer espécie de domínio que possa ferir a sua dignidade humana. Ao mesmo tempo, sabemos que essa Proposta leva um tesouro que o dinheiro deste mundo não pode comprar, que é o coração cheio de amor do próprio Jesus. [gallery columns="1" size="large" ids="69626"] Que Maria Auxiliadora, nos ajude a ser testemunhas do amor de Deus, segundo o carisma de Dom Bosco que se concretiza no serviço aos demais, sobretudo, no serviço aos jovens pelos quais deu o seu último suspiro. Por Ir. Manoel Messias
VER MAIS

SANTA SÉ | Vaticano – O Papa: a dor dos migrantes grita aos olhos de Deus, que conhece os seus rostos

SANTA SÉ | Vaticano – O Papa: a dor dos migrantes grita aos olhos de Deus, que conhece os seus rostos

20 de outubro de 2023
(ANS – Cidade do Vaticano) – Na noite de quinta-feira, 19 de outubro de 2023, durante o encerramento dos trabalhos da XIII Congregação Geral da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos sobre a Sinodalidade, a Praça São Pedro, na escultura Anjo Inconsciente, sediou um momento especial de oração. Presidido pelo Papa Francisco, na presença dos vários participantes no Sínodo, o momento foi dedicado aos que perderam a vida nas diversas rotas migratórias, às suas famílias, aos que sobreviveram e a todos os refugiados e migrantes que ainda se encontram em viagem. “Há que dobrar os esforços para combater as redes criminosas, que especulam sobre os sonhos dos migrantes; mas ocorre igualmente indicar-lhes estradas mais seguras. É, pois, necessário um maior empenho para se ampliar os canais migratórios regulares”, afirmou o Santo Padre. As estradas percorridas pelos migrantes devem ser seguras, para que os mesmos não caiam nas mãos das redes criminosas que especulam sobre seus sonhos, e devem ser feitos esforços para expandir os canais regulares de migração. É o que pede o Papa à frente da escultura Unawares a representar migrantes e refugiados - “homens e mulheres das mais variadas idades e proveniências, entre eles também Anjos que os guiam” – que perdem a vida ao longo das rotas migratórias, ou que sobrevivem sem o reconhecimento da sua dignidade e de seus direitos. A partir da parábola do Bom Samaritano, o Papa se concentra nos perigos das novas rotas migratórias “que atravessam desertos, florestas, rios e mares”. “Quantos irmãos e irmãs estão, hoje, na mesma condição daquele viandante da parábola – roubados, espoliados, espancados no caminho – ! Partem enganados por traficantes sem escrúpulos; depois são vendidos como mercadoria de intercâmbio. Acabam sequestrados, prisioneiros, explorados, reduzidos a escravos. São humilhados, torturados e estuprados. Muitos morrem, sem nunca chegar à meta. As rotas migratórias do nosso tempo estão cheias de homens e mulheres feridos e abandonados semimortos, cheias de irmãos e irmãs cujo sofrimento grita aos olhos de Deus. Com frequência, trata-se de pessoas que fogem da guerra e do terrorismo, como infelizmente temos visto nestes dias”, afirmou o Santo Padre. Hoje, como nos tempos do Bom Samaritano, “há quem veja e passe além, criando-se com certeza uma boa justificativa; mas na realidade o faz por egoísmo, indiferença, medo”, acrescentou. O Papa Francisco continua: “Em vez disso, o que diz o Evangelho sobre aquele samaritano? Ele teve compaixão daquele homem ferido (v. 33). A compaixão é o distintivo de Deus no nosso coração; é a chave. O estilo de Deus é a proximidade, a compaixão e a ternura: este é o estilo de Deus (...) Como o bom samaritano, somos chamados a fazer-nos próximos de todos os viandantes de hoje, para salvar a sua vida, cuidar das suas feridas, aliviar o seu sofrimento. Para muitos deles, infelizmente, é já demasiado tarde: só nos resta chorar sobre o seu túmulo, se é que tiveram um; mas o Senhor, que conhece o rosto de todos, não o esquecerá”. No gesto do Bom Samaritano encontramos "o sentido dos quatro verbos que resumem a nossa ação com os migrantes: acolher, proteger, promover, integrar": “os migrantes devem ser acolhidos, protegidos, promovidos e integrados”. E tal como as migrações apresentam hoje questões críticas, também podem representar oportunidades para sociedades “mais inclusivas, mais belas e mais pacíficas”. “Todos devemos nos empenhar por tornar mais segura a estrada, para que os viandantes de hoje não caiam vítimas dos assaltantes – exortou Francisco – . É necessário dobrar os esforços para combater as redes criminosas, que especulam sobre os sonhos dos migrantes; mas ocorre igualmente indicar-lhes estradas mais seguras. Há necessidade, pois, de maior empenho para se ampliar os canais migratórios regulares”. As políticas demográficas e econômicas precisam dialogar com as políticas migratórias, colocando sempre os mais vulneráveis ​​no centro. Devemos então promover “uma abordagem comum e corresponsável da governação dos fluxos migratórios, que parecem destinados a aumentar nos próximos anos”. Por fim, o Papa convidou a fazer um breve momento de silêncio, para recordar os que perderam a vida ao longo das várias rotas migratórias. Fonte: ANS
VER MAIS

NOTÍCIAS

NATAL-Gramoré (RN) | Programa Proteja Mais: Dois anos de compromisso com o combate ao abuso e exploração sexual

No início de dezembro, celebramos o encerramento do ciclo do programa Proteja Mais em parceria com a Fundação Abrinq. Durante dois anos, crianças, adolescentes e responsáveis participaram ativamente de dinâmicas, estudos, conversas e trocas de conhecimento, consolidando um compromisso conjunto na luta contra o abuso e exploração sexual, além da violência doméstica. O programa, trabalhou […]
VER MAIS

JABOATÃO (PE) | Instituto Nelson Wilians realiza visita técnica ao Centro Educacional Dom Bosco

O Instituto Nelson Wilians iniciou uma série de visitas técnicas às organizações contempladas em seu edital 2024, buscando estreitar laços e conhecer mais de perto o impacto positivo que essas organizações têm nas comunidades onde atuam. O Centro Educacional Dom Bosco Jaboatão, reconhecido pelo trabalho no desenvolvimento educacional e social, atua como um agente transformador na vida […]
VER MAIS

CONGREGAÇÃO | RMG – Estreias dos Reitores-Mores Salesianos: Dom Bosco

(ANS – Roma) – O criador da tradição da Estreia na Família Salesiana (FS) foi, evidentemente, Dom Bosco. Já em seu tempo, a Estreia trazia uma mensagem de valor pedagógico e educativo; e Dom Bosco costumava retomar o tema em diversas ocasiões durante o ano, nos encontros com seus jovens, tal como hoje a Estreia acompanha […]
VER MAIS

TEMAS

INSTAGRAM

YOUTUBE