CONGREGAÇÃO | A CESTA DE MAMÃE MARGARIDA

CONGREGAÇÃO | A CESTA DE MAMÃE MARGARIDA

19 de dezembro de 2023 Por paulo
A MENSAGEM DO REITOR-MOR, Card. Ángel Fernández Artime No fim de um ano, temos todos uma cesta da memória na nossa alma. Contém aquilo que vivemos, um ano rico, cheio de recordações agradáveis, mas também de imprevistos. Um ano em que não faltaram as surpresas.   Caros amigos de Dom Bosco e do seu carisma, no fim do ano 2023, pareceu-me interessante utilizar a simbologia da cesta que mãe Margarida tem sempre no braço. Também no novo poster do Lema, o sinal distintivo é a cesta que tem no braço. Estamos todos habituados a vê-la assim, Mãe Margarida. Sem a cesta, o lenço grande na cabeça e o traje de pobre camponesa não nos pareceria a ela. A cesta era feita de vimes entrelaçados com grande cuidado. Havia transportado o enxoval para os seus netinhos, pães grandes perfumados acabados de tirar do forno e a roupa branca lavada. Mas no dia 3 de novembro de 1846, como Dom Bosco narra nas Memórias do Oratório, quando ele e a mãe desceram dos Becchi a Turim para acolher os jovens abandonados da cidade, mas Margarida encheu a com o seu enxoval de esposa, atentamente dobrado e, no meio, depositou alguns macinhos de lavanda. No fundo, bem escondido debaixo do pano, escondeu o seu pequeno tesouro: um pacotinho de veludo com dois anéis e um fio de ouro. Com estes poucos bens conseguiram fazer face às primeiras necessidades do Oratório. Mãe Margarida tinham coração grande como todas as colinas da região de Asti e a roupa branca começou a desaparecer, transformando-se em camisas e roupa interior para os rapazes. Curioso o destino do vestido de casamento que foi a primeira toalha do altar da capela Pinardi e depois lençol para um doente de cólera. Mas a cesta não estava vazia, continha o perfume de todas as coisas belas e boas da sua vida. O cofre das boas recordações No fim do ano, todos deveríamos ter uma cesta assim. Pendurada da mente e do coração. Uma cesta com um cofre de recordações felizes. Deveríamos enchê-la do assombro da dança da vida que rapidamente passou: as pessoas que nos fizeram bem, os acontecimentos de Graça, os encontros que nos deram de novo alento e coragem, as certezas, as esperanças e debaixo de tudo o ouro precioso da presença de Deus. Na minha cesta encontrei muitas coisas para dar graças ao Senhor da Vida, o nosso bom Deus e Pai. E certamente, como acontece na vida de todas as pessoas, também em vós que me ledes, nem tudo o que se vive num ano produziu alegria. Também há dores, fadigas, carências, perdas, mas tudo isto, vivido na fé, se ilumina de forma magnífica. No meu cesto encontro muitos esforços, pessoais de quem me ajuda na animação e no governo da Congregação, que serviram para dar vida, muita vida: pudemos ajudar muitas pessoas, muitas crianças e jovens em todo o mundo salesiano, animando os meus irmãos e a família salesiana a continuar um caminho de fidelidade salesiana. O cesto está cheio de muitos donativos da parte de muitos pessoas em todo o mundo, nas 135 nações e nos milhares de obras de toda a família salesiana no mundo. No meu cesto este ano há a visita de Dom Bosco ao centro de menores (a velha Generala que Dom Bosco visitou com o padre Cafasso), e da qual regressei a casa com o coração pesado e cheio de dor por me ter encontrado ali com aqueles jovens (que espero ultrapassem esta situação), mas com alegria de saber que conseguirão. A saudação do jovem que me perguntou: “Quando voltas cá?” está impressa na minha memória. E voltarei em breve. No meu cestinho há a alegria de tantas viagens feitas durante o ano - desta vez de novo nos 5 continentes, visto que fui de novo à Austrália. Poderia escrever páginas sobre todas as viagens. Citarei apenas a minha visita ao Peru, duas vezes em fevereiro, no Planalto de Huancayo, com o seu frio e as suas colinas e o encontro com mais de mil jovens, a 2.500 metros de altitude, e o imenso calor, da cidade do eterno calor (como eles mesmos gostam de dizer) que é Piura, onde encontrei uma devolução a Maria Auxiliadora que me comoveu. O meu cesto contém a alegria de me ver em Viedma – Argentina – 5 meses depois da canonização do coadjutor Salesiano Santo Artémides Zatti e de voltar a percorrer as estradas que ele percorreu e viver onde ele viveu e tornou a santidade uma realidade na vida de todos os dias. E o cesto, no fundo do meu coração, contém este ano a experiência mais profunda que um ser humano pode fazer. A experiência de perder a mãe, sobretudo quando o pai já foi para o céu. Sente-se de verdade que o “cordão umbilical” que nos sustentou não só até quando viemos ao mundo, mas por toda a vida, está definitivamente cortado. Mas vivi também isto, com a Graça do Senhor, como uma perda, é certo, mas cheia de significado, cheia de esperança e com imensa gratidão ao Senhor da vida por uma vida longa e bela quer no caso do meu pai quer da minha mãe. Como não agradecer ao senhor por isto? O meu cestinho deste ano contém a imensa alegria dos belos dias decorridos em Lisboa por ocasião da Jornada Mundial da Juventude. Mais de um milhão de jovens deram um belíssimo testemunho de humanidade e humanismo, de capacidade de viver em harmonia, amizade e paz apesar de serem muito diferentes, provenientes de toda a parte do mundo. Que grande lição nos dão. Por fim, o meu cesto deste ano contém um profundo ato de fé e de obediência. Sem dúvida por fé o Santo Padre fê-lo nomeando-me cardeal da Santa Igreja Romana. E certamente por fé, e com a certeza de que o nosso Deus acompanha a vida de cada um de nós do modo único que só Ele conhece, aceitei este desígnio e esta obediência. Certamente com gratidão e com a promessa de fidelidade e lealdade ao Vigário de Cristo, como nos é declarado quando recebemos o anel cardinalício. Só na fé se pode viver dignamente uma coisa do género. Como podeis ver, meus amigos, a minha cesta está cheia. Estou certo de que é também assim na vida de cada um de vós. Este é o grande dom da vida da parte de Deus. Auguro-vos um tempo bendito neste mês. E auguro-vos que, na expetativa da vinda de Jesus Cristo, continueis a atuar como Família Salesiana para fazer que o nosso Mundo seja purificado do ódio e da discórdia e seja repleto do espírito cristão, de modo que todos possamos viver sempre em paz uns com os outros. Fonte: ANS
VER MAIS

AREIA BRANCA (RN) | Obras Sociais Dom Bosco certificam 16 novos profissionais

FORTALEZA (CE) | Presença Salesiana celebra aniversários de ordenação: Pe. José Mauro (40) e Pe. Josemar Abel (01)

FORTALEZA (CE) | Presença Salesiana celebra aniversários de ordenação: Pe. José Mauro (40) e Pe. Josemar Abel (01)

19 de dezembro de 2023
A família salesiana de Fortaleza celebrou neste domingo (17), a santa missa em Ação de Graças pelo aniversário de 40 anos de ordenação sacerdotal do padre José Mauro, diretor da FM Dom Bosco, e também 01 ano de ordenação presbiteral do padre Josemar Abel, responsável pela Pastoral do Colégio Salesiano Dom Bosco. Participaram também da celebração, na igreja matriz Nossa Senhora da Piedade, Pe. João Carlos, Pe. Marcelo (pároco da igreja da Piedade), Pe. Bruno Coelho (Canção Nova), Pe. Eudes (Diretor do Salesiano de Salvador), Pe. Francisco Cibin (vigário paroquial), Pe. Magno (diretor do Colégio Dom Bosco), além de amigos e familiares de padre Mauro e padre Josemar. Durante a homilia, Pe João Carlos fez uma reflexão do ser cristão através do testemunho. "Qual será a palavra desse domingo? Testemunho. Preparamos a vinda do Senhor, preparamos o encontro com o Senhor, sendo testemunhas. João Batista indicou ao povo quem era Jesus. Precisamos reconhecer Jesus e apontá-lo para os outros. Pois somos testemunhas de Jesus. Precisamos dizer que Ele está presente", afirmou o salesiano. Ao final da santa missa, Pe. João Carlos, Pe. Mauro e Pe. Josemar, foram homenageados pelas equipes da Rádio, do Colégio e da Paróquia, como placas de reconhecimento ao trabalho pastoral e um quadro de Dom Bosco, respectivamente. Após a celebração foi servido um jantar para os convidados ao som de música ao vivo com cantor Danilo Sena. Por Roberta Farias [gallery columns="2" size="large" ids="286878,286879"]
VER MAIS

RECIFE-Bongi (PE) | Jovens da Turma de Múltiplas Ocupações Encerram Ciclo com Atividade Motivacional e Reflexiva

RECIFE-Bongi (PE) | Jovens da Turma de Múltiplas Ocupações Encerram Ciclo com Atividade Motivacional e Reflexiva

19 de dezembro de 2023
Em um clima descontraído e cheio de expectativas para as férias que se aproximam, os jovens da Turma 1 de Múltiplas Ocupações da Escola Dom Bosco Recife participaram de um momento especial de encerramento de ciclo, promovido pelos educadores. Com o retorno às atividades previsto para fevereiro de 2024, a ocasião marcou uma pausa no ritmo cotidiano para uma reflexão sobre as conquistas do ano e o planejamento para o próximo. A atividade teve início com uma autoavaliação, na qual os atendidos e educadores puderam compartilhar suas experiências ao longo do ano. Esse momento de reflexão permitiu que todos destacassem os desafios superados, as habilidades adquiridas e as metas alcançadas, fortalecendo os laços entre os participantes. A dinâmica seguinte envolveu frases motivacionais que inspiraram os jovens a pensarem no futuro com otimismo e determinação. A analogia da árvore dos desejos foi introduzida, destacando a importância de cuidar, regar e podar para que ela frutifique. Nesse contexto, cada participante teve a oportunidade de expressar seus desejos pessoais e profissionais para o próximo ano. Uma "Árvore dos Desejos" foi montada, com os jovens escrevendo seus objetivos em papéis coloridos, simbolizando os frutos que desejam colher em 2024. A atividade não se limitou apenas ao encerramento do ciclo; ela será resgatada em momentos específicos ao longo do próximo ano, permitindo que todos acompanhem o progresso e celebrem as conquistas alcançadas O fechamento do ciclo resultou em uma sessão de escuta ativa, onde os educadores estiveram atentos às expectativas dos jovens para o ano seguinte. O clima foi marcado por entusiasmo e positividade, criando um ambiente propício para a construção de um 2024 repleto de oportunidades. Por Serviço Inspetorial de Comunicação
VER MAIS

RECIFE-BONGI (PE) | Jovens da Turma de Múltiplas Ocupações Encerram Ciclo com Atividade Motivacional e Reflexiva

RECIFE-BONGI (PE) | Jovens da Turma de Múltiplas Ocupações Encerram Ciclo com Atividade Motivacional e Reflexiva

19 de dezembro de 2023
Em um clima descontraído e cheio de expectativas para as férias que se aproximam, os jovens da Turma 1 de Múltiplas Ocupações da Escola Dom Bosco Recife participaram de um momento especial de encerramento de ciclo, promovido pelos educadores. Com o retorno às atividades previsto para fevereiro de 2024, a ocasião marcou uma pausa no ritmo cotidiano para uma reflexão sobre as conquistas do ano e o planejamento para o próximo. A atividade teve início com uma autoavaliação, na qual os atendidos e educadores puderam compartilhar suas experiências ao longo do ano. Esse momento de reflexão permitiu que todos destacassem os desafios superados, as habilidades adquiridas e as metas alcançadas, fortalecendo os laços entre os participantes. A dinâmica seguinte envolveu frases motivacionais que inspiraram os jovens a pensarem no futuro com otimismo e determinação. A analogia da árvore dos desejos foi introduzida, destacando a importância de cuidar, regar e podar para que ela frutifique. Nesse contexto, cada participante teve a oportunidade de expressar seus desejos pessoais e profissionais para o próximo ano. Uma "Árvore dos Desejos" foi montada, com os jovens escrevendo seus objetivos em papéis coloridos, simbolizando os frutos que desejam colher em 2024. A atividade não se limitou apenas ao encerramento do ciclo; ela será resgatada em momentos específicos ao longo do próximo ano, permitindo que todos acompanhem o progresso e celebrem as conquistas alcançadas O fechamento do ciclo resultou em uma sessão de escuta ativa, onde os educadores estiveram atentos às expectativas dos jovens para o ano seguinte. O clima foi marcado por entusiasmo e positividade, criando um ambiente propício para a construção de um 2024 repleto de oportunidades. Por Serviço Inspetorial de Comunicação [gallery columns="1" size="large" ids="286806"]  
VER MAIS

JABOATÃO DOS GUARARAPES (PE) | Ação Natalina no Centro Educacional leva alegria a mais de 100 crianças e suas famílias

CONGREGAÇÃO | Itália – O Cardeal Fernández Artime toma posse da Diaconia de Santa Maria Auxiliadora: “Somos felizes porque Deus nos replena a vida”

CONGREGAÇÃO | Itália – O Cardeal Fernández Artime toma posse da Diaconia de Santa Maria Auxiliadora: “Somos felizes porque Deus nos replena a vida”

18 de dezembro de 2023
(ANS – Roma) – Domingo, 17 de dezembro de 2023, Terceiro Domingo do Advento, foi um dia de celebração para a Basílica Menor de Santa Maria Auxiliadora, de Roma, pela Tomada de Posse da Diaconia, atribuída ao Cardeal Ángel Fernández Artime, Reitor-Mor dos Salesianos de Dom Bosco. Em celebração sóbria e serena, mas ao mesmo tempo sentida e cheia de entusiasmo, o Cardeal dirigiu aos Fiéis uma mensagem cheia de confiança em Deus. “Tendo considerado oportuno designá-lo para o Colégio dos Cardeais, dileto filho, adornado de excelentes qualidades e benemérito da Igreja, neste Consistório, em virtude do nosso poder apostólico, nomeamo-lo Cardeal Diácono, com todos os direitos e deveres que são próprios da sua ordem, e atribuímos-lhe nesta alma Urbe o insigne templo de Santa Maria Auxiliadora, na Via Tuscolana; e exortamos paternamente a que Reitor e Clero, junto com quantos lhe são adidos, quando dele tomar posse, o recebam com alegria e lhe prestem devoção e reverência. Além disso, enquanto nos alegramos calorosamente consigo, para que eleito para o Senado da Igreja Católica possa ajudar-nos em assuntos de supremo interesse e honra para Sé Romana, rogamos ao Deus de suma benignidade que o enriqueça dos seus dons e o confirme com sua graça e ajuda" – esta foi a Mensagem que o Santo Padre Francisco entregara no dia 30 de setembro ao Reitor-Mor dos Salesianos, e que foi lida imediatamente após os primeiros ritos iniciais. Uma celebração cheia de símbolos e gestos significativos desde o início: o Reitor-Mor entrou pela nave central da igreja abençoando a multidão com água benta e parou, por alguns momentos, de joelhos diante do tabernáculo. A basílica esteve repleta de fiéis, paroquianos, membros dos vários grupos da Família Salesiana e, sobretudo, de muitas crianças, adolescentes e jovens, que participaram atentamente na celebração e animaram a celebração de muitas maneiras: no serviço do altar, no coro, em diversas outras funções litúrgicas. A seu lado, para concelebrar a ‘Missa da Alegria’, do Advento, estavam várias dezenas de salesianos: membros da comunidade paroquial com seu Pároco, P. Valerio Baresi; outros Coirmãos salesianos das Comunidades de Roma; e o Superior da Circunscrição Especial da Itália Central, P. Stefano Expectati. Durante a Missa, viu-se um Cardeal Fernández Artime, sorridente, sereno, visivelmente à vontade, numa igreja salesiana, imbuído do carisma de Dom Bosco assumido por toda a comunidade educativo-pastoral. Na homilia, começou por agradecer pelas boas-vindas recebidas; e acrescentou. “Nunca pensei, quando vi esta bela Basílica há alguns anos, que estaria aqui, hoje, no meio de Vocês para esta celebração". Realmente, "cremos, na Fé, que Deus é imprevisível. Mas esta é uma experiência de todos nós, credentes. Estou muito feliz de estar aqui". Em seguida, admitiu “sentir-se em casa”, entre os seus Coirmãos salesianos e os membros da Família Salesiana, prestando homenagem ao compromisso de todos: “o de servir a Igreja onde quer que estejamos, em qualquer lugar do mundo”. Abordando a liturgia do dia, o X Sucessor de Dom Bosco acrescentou: “Hoje celebramos o Domingo da Alegria. E a Palavra é esta: ‘Alegro-me plenamente no Senhor’. Estamos no limiar do acontecimento da Encarnação do Filho de Deus” e “Natal significa Deus conosco, Deus entre nós”; e por isso “devemos testemunhar, com o nosso estilo de vida (…) que Deus está conosco";  testemunhar que "somos felizes porque Deus replena a nossa vida": não se trata de grandes projetos, mas de “testemunhar com simplicidade que Deus está presente nos nossos corações e nas nossas vidas”, lembrando que “as palavras passam, mas que o testemunho toca o fundo do coração”. Findo o mui festivo Ágape Divino, para encerrar a Posse não podia faltar igualmente – para toda a Comunidade Paroquial – alguns  momentos de ágape fraterno. VIDEO [gallery columns="2" size="large" ids="284518,284519"]
VER MAIS

NOTÍCIAS

CJC | Comunidade de Gramoré (RN) retoma atividades

A caminhada juvenil também é feita de reencontros e partilhas de experiências marcantes que valem a pena apreciar e celebrar. Na tarde do sábado, 02 de março, no pátio da Igreja Matriz São João Bosco, em Gramoré – Natal, os jovens comunitários da CJC Gramoré viveram o segundo encontro de 2024. A acolhida vibrante, a […]
VER MAIS

FORMAÇÃO | Em Juazeiro do Norte (CE), acontece a abertura do Pré-Noviciado 2024

No final da tarde desta segunda-feira (04), o Pe. Inspetor Francisco Inácio esteve na Comunidade Salesiana de Juazeiro do Norte – CE, para Abertura do Pré-noviciado São João Bosco, que, neste ano, acolhe 5 jovens oriundos de diferentes regiões do Nordeste para vivenciar a experiência dessa etapa formativa: Emanoel Sabino Carneiro – 29 anos  (Santana […]
VER MAIS

CONGREGAÇÃO | Inspetoria Salesiana de Campo Grande recebe o Cardeal Ángel Fernández Artime

A Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, se prepara para receber a visita ilustre do Cardeal Ángel Fernández Artime, o 10º sucessor de Dom Bosco, em sua última vinda ao Brasil no cargo de Reitor-Mor dos Salesianos. Como pai e centro de unidade da Família Salesiana, dom Ángel assumirá as funções de Cardeal da Igreja, […]
VER MAIS

TEMAS

INSTAGRAM

YOUTUBE